Buscar
  • Conectando Sorrisos

Setembro Amarelo: depressão não é frescura

No terceiro texto da série Setembro Amarelo a ONG Conectando Sorrisos convida Amanda Almeida Duarte para falar sobre a importância da valorização da vida. Venha conhecer um pouco mais desse trabalho tão importante que estamos desenvolvendo no mês de setembro!


Você já se perguntou o que a depressão nos leva a fazer?

1. Isolar-se da família e dos amigos


O deprimido se sente solitário e com necessidade de se afastar. Com o tempo deixa de atender ligações, responder mensagens ou aceitar convites para sair.


2. Manter suas coisas bagunçadas ou desorganizadas


A falta de ânimo faz com que qualquer movimento seja difícil de ser executado. Então o deprimido dá início à procrastinação. Deixa de arrumar a casa, organizar suas coisas, para de pagar as contas ou deixa de cumprir prazos.


3. Deixar de cuidar da aparência e da higiene pessoal

Também por conta da falta de ânimo e energia, a pessoa diminui a frequência dos banhos, do corte de cabelo, da troca de roupas, da higiene bucal. A tendência é utilizar o isolamento social como uma das justificativas para não se cuidar - "eu não vou ver ninguém mesmo".


4. Sentir-se inútil ou muito indeciso


O deprimido tende a se sentir insuficiente, como se não tivesse serventia para nada. Em conjunto, é comum ser bastante indeciso, ou ter dificuldade em tomar decisões. E tudo isso acaba diminuindo ainda mais sua autoestima.


5. Perder o interesse no trabalho, nas pessoas ou nos objetivos de vida


De repente tudo perde a graça. O trabalho fica tedioso, as pessoas estão chatas, os objetivos não têm mais sentido, ou até aquela notícia boa já não tem mais graça.


6. Tentar a todo tempo fugir dos problemas


O deprimido prefere deixar de atender o telefone, faltar no dia de uma prova, evitar discussão no relacionamento. Os problemas passam a ser resolvidos sempre no último instante (isso quando são resolvidos), porque pensar em soluções precisa daquela energia que ele já não tem.


7. Ter um medo fora do controle em situações simples


A depressão também afeta a autonomia, e a pessoa pode sentir que não consegue se defender sozinha. Aos poucos esse medo pode intensificar a desesperança.

8. Sentir culpa ou raiva do passado


Geralmente está relacionado a algum trauma. O deprimido sente que a vida está tão difícil por sua culpa, ou sente uma raiva imensa de quem causou o desconforto.

Mas vale lembrar que a depressão tem tratamento. E você não precisa passar por isso sozinho(a)!


Por Amanda Almeida Duarte, acadêmica do curso de Psicologia do UBM

26 visualizações
Conecte-se conosco
  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram

© 2020 ONG Conectando sorrisos.

  • Preto Ícone YouTube
  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto